Hoje venho falar sobre três acessórios para usar no mundo do trail que são muito especiais para mim.

Calções, tshirt e umas sapatilhas, equipamento muito bem conseguido onde irei indicar o que mais gostei como também o que pode ser melhorado.

FUJITRAIL SPRINTER

FUJITRAIL SPRINTER

Os calções justos FUJITRAIL™ SPRINTER ajudam os corredores a economizar energia com propriedades de suporte de compressão ap...

COMPRE AGORA

São calções em licra e como tal, são justos. Têm a particularidade de terem sido desenhados pelo Instituto Ciência do Desporto da ASICS no Japão. 

 Pessoalmente não sou fã de compressão, gosto de sentir a leveza e a liberdade de movimentos, mas, na verdade, com a ajuda da tecnologia, estes calções foram desenhados para que se sinta a compressão apenas em pontos específicos. 

Na parte de trás foram desenhados ergonomicamente para ajudar no movimento que tanto usamos no trail, os quadríceps nas descidas e isquiotibiais nas subidas e posso garantir que o objetivo foi conseguido, principalmente quando já temos um bom par de quilómetros, ao usá-los o desgaste é menor e o movimento torna-se mais fluído mesmo quando estou mais cansado.

A ventilação também não foi esquecida. Ajudam a remover o suor num dos locais onde tanto suamos, devido ao seu trabalho constante: os glúteos. Ao mesmo, sentimos a frescura.

Quanto à secagem é o habitual nos equipamentos de licra, não achei muito diferente do que já usei até hoje.

No meu caso, que faço provas de longas distâncias onde correr de noite é habitual, os refletores colocados em pontos estratégicos ajudam na visibilidade.

Têm um bolso lateral para pequenos objetos ou comida eencontra-se numa posição a que facilmente acedemos, o que é essencial em provas de trail.

Quanto a pontos a melhorar: umas tiras de silicone ou algo que pudesse ser colocado na zona dos quadríceps para ajudar a apoiar naquelas subidas muito acentuadas ou longas, seria incrível, fica a sugestão.

Não menos importante, é feito em material reciclável. Ideia formidável.

FUJITRAIL TOP

FUJITRAIL TOP

A camisola FUJITRAIL™ TOP foi concebida para corredores de trilho que querem manter-se frescos e secos quando percorrem terr...

COMPRE AGORA

Quando recebi a camisola algumas coisas saltaram logo á vista: a parte superior que cobre ombros, costas e peito é em malha rendilhada. Como os últimos dias tÊm sido de calor, este pormenor ajuda a que a sensação de frescura perdure e depois a velocidade com que seca fazendo com que nunca nos sintamos molhados ou com a sensação "pesado".

O bolso traseiro além ser uma fantástica ideia, faz lembrar o que usava há uns anos no ciclismo. Dá para colocar o que nos apetecer,  mas atenção, não pode ser algo muito pesado porque senão vai andar ali a "baloiçar”. Para levar géis, barras, lixo ou pequenos objetos é perfeito.

O "fit" é justo, mas não demasiado, não sentimos nenhuma compressão, mas apesar disso sentimos que se ajusta e adapta ao nosso corpo na perfeição e o fecho que possui à frente também poderá ser puxado para baixo nos dias mais quentes.

O refletor já é habitual no equipamento da ASICS e está como sempre, bem colocado.

A única coisa que podia ser melhorada seria colocar o logotipo na parte da frente do equipamento, mas sem que fosse tapado pela mochila de hidratação, ou na parte traseira podiam colocar a imagem da marca. Pormenores que em nada tiram a qualidade no seu todo.

TRABUCO MAX™

TRABUCO MAX™

A poupança de energia é uma componente importante para corredores de trilho que percorrem longas distâncias, por isso optámo...

COMPRE AGORA

As melhores sapatilhas no conforto e mecânica que já usei até hoje, estou maravilhado!

As cores estão muito bem conseguidas, existe uma harmonia no geral.

Os cordões com fecho rápido e na lingueta da sapatilha têm espaço para guardar o fecho, fica protegido.

Mal as calçamos sentimos de imediato três coisas: a leveza, o conforto e espaço para os dedos.

294 grs é  uma característica importante para quem faz distâncias longas, diria que só com um par destas sapatilhas se consegue fazer uma ultra para lá dos 100 kms sem necessidade de fazer a troca, depois o espaço para os dedos que ajuda na descontração da planta do pé e menos fricção dos dedos, logo menos bolhas, menos desconforto.

Visivelmente nota-se logo o drop e a inclinação da biqueira, o drop ajuda no conforto, proteção do tendão de Aquiles e para quem faz muitos kms a tendência ao fim de algum cansaço é atacar o solo com o calcanhar, depois a inclinação com um drop alto ajuda na impulsão, empurra literalmente para a frente e no terreno nota-se bem.

Quanto ao grip, os tacos estão muito bem distribuídos, são de baixo perfil, para terrenos soltos, secos e com pedra é brutal, dão confiança a descer e a subir até se ouve aquele som característico do agarrar ao chão.

O que melhorava, duas coisas: uma, no meu caso que uso palmilhas ortopédicas e que tenho o peito do pé alto, tendo alguma dificuldade em encaixar o pé, se tivessem mais alguns centímetros de abertura seria mais fácil encaixar. Depois apenas uma questão estética, a bolsa da lingueta, a parte onde colocamos o fecho rápido é demasiado grande, lembra-me á uns anos aquelas sapatilhas que se usava no basketeball, pump, fica estranho, é um pormenor que em nada tira o que é realmente importante, fazem o seu trabalho irrepreensível e garantem toda a confiança para distâncias longas.

Desfrutem,

até breve!

Photo by: @tavares_photography

escrito por
portrait

Nuno Rocha

Terapeuta / Massagista de Lisboa

Faixa Etária: 40-45

Treinador: Tiago Aragão

Minhas modalidade
Ultra Maratona de Montanha Yoga / Pilates Ultra Maratona Corrida de Montanha 10km