Agosto é mês de férias para milhares de portugueses e eu não sou exceção.

Mas quando estamos a preparar uma maratona em pleno mês de férias como devemos fazer?

Bem, eu irei passar um pouco da minha experiência de como faço.

Este ano optamos por vir para a Madeira, uns dos melhores locais para treinar, não propriamente para uma maratona de estrada mas para Trail, tem das melhores condições a nível mundial, disso tenho a certeza, mas demasiado limitado para quem treina para uma prova de estrada, especialmente treinos longos.


Eu opto por levar os treinos de uma forma mais descontraída, com ajuda do treinador consigo praticamente treinar todos os dias, diria que se falhar um ou outro treino não é dramático, treinos mais técnicos tento fazê-los todos, não é certamente 1h de treino que vai estragar a férias alguém.

No entanto é super importante ter a família alinhada, levo um ano inteiro a treinar e quando é férias tento estar o mais tempo possível com elas, o equilíbrio é muito importante.

Depois vem a questão do que devemos ou não comer, sou mega equilibrado na minha alimentação, gosto de ter cuidado com o que como, não apenas e só para a performance desportiva, mas aprendi que a saúde está ligada á nossa alimentação e que gira em torno ao que comemos.

Em férias tenho algum cuidado, mas vamos lá ver, férias são isso mesmo, devemos despreocupar-nos, são férias meus amigos, não é em questão de uns dias que vamos estragar tudo o que alcançamos, basta ter apenas algum cuidado com os exageros.

Se em 355 dias sou equilibrado e focado em tudo o que como, não é nos restantes dias que se vai estragar tudo, depois como treino, tudo o que possa a vir a acumular, em treino consigo compensar e queimar.

Férias é sinónimo de descanso, mas muitas vezes estando num local muito turístico tentamos aproveitar tudo, o que limita o descanso propriamente dito, isto é dormir, para mim descanso é isso, dormir.

Claro que quando estamos habituados a uma determinada rotina, dormir a horas certas, comer tudo certinho, treinar, recuperação massagens, etc etc etc, claro que parece que estamos mais cansados nas férias do que quando temos a nossa rotina.

Quem é atleta sabe que a rotina é muito importante, mas em férias, meus amigos, não liguem muito ao que o corpo diz, é natural ele queixar-se mais do que o habitual.

O importante é desfrutarem das pessoas que estão convosco, do local, da comida e se possível treinar, mas se não o fizerem não é o fim do mundo.

Boas férias!


escrito por
portrait

Nuno Rocha

Terapeuta / Massagista de Lisboa

Faixa Etária: 40-45

Treinador: Tiago Aragão

Minhas modalidade
10km Ultra Maratona Corrida de Montanha Yoga / Pilates Ultra Maratona de Montanha

Mais blogues